1.3.07

De novo a tempestade.
Mas dessa vez eu vim preparada, eu vim forte e protegida.
Dessa vez eu vou enfrentar as águas, o vento, os estragos futuros.
De novo a tempestade.
De repente, silenciosa, incansável.
As nuvens foram se formando gotinha a gotinha
Cada raio de Sol que nos faltava, mais um passo pra tempestade cair.
Prisioneiros de um Sol enjaulado, um bom tempo limitado
E agora a solução está no caminho frio e tortuoso da chuva.
E eu, que odeio me molhar, vim preparada.
Odeio mudanças bruscas de tempo e temperatura,
mas aprendi a lidar com elas
A tempestade dessa vez vai trazer um novo Sol
Vai lavar a alma e novos caminhos
Você segue por onde a água te atinja menos,
enquanto eu me molho de uma vez.
Separados.
De novo esta tempestade.
Mas de novo só mais essa vez.




"Chora, pois a chuva de agora vai regar as suas rosas e a tristeza vai ter fim.É hora, acabou a tempestade pra chegar a claridade do amor."

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial