14.2.07

Perdoa?
Doa.
Perdoa e doa a quem doer.
Desculpa?
Culpa.
Dez culpas e quem dá mais?
Dou-lhe uma, dou-lhe duas
Dou-lhe tudo.
Doa tudo.
Doa as culpas, aquelas dez culpas de nunca mais.
Mais nunca?
Nunca.
Mas quem decide o quê?
O que eu decido é certo e te culpo
Não te perdôo, não dôo, não quero mais.
Quero quem implore pelo perdão,
quem assuma a culpa e quem dê mais que dez.
Quem dá mais?
Não é pra entender, é pra levar.
Dou-lhe uma, dou-lhe duas e...
Desculpa, aquele outro levou.
Dói tudo.
Doe tudo.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial