1.10.06

Qualquer coisa

Minha vontade é de escrever qualquer coisa agora. Mas tem que ser um qualquer coisa que te faça sorrir, que melhore seu dia, que te ilumine. Não pode ser um qualquer coisa qualquer, tem que provocar qualquer coisa. Precisa ser uma coisa mágica ou algo qualquer assim. Tem que ter um quê qualquer de coisa boa, de coisa linda, de coisa esperançosa que reanima os desanimados. Tem que ser coisa pra cima, coisa bonita, de acalentar o coração. Quero agora escrever qualquer coisa que te amenize a dor, que te livre de um problema qualquer, que te ajude a esquecer aquelas coisas.
Qualquer coisa.
E se eu não conseguir escrever nada agora, que eu escreva alguma coisa pra te despertar qualquer sinal de luz. Qualquer coisa que te faça pensar que, qualquer coisa, você terá sempre a mim. E você tem. Estou aqui pra fazer por você todas as coisas em qualquer momento.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial