11.8.06

Já fui me embora pra sempre e voltei renovada
Já fiz tudo o que podia e não adiantou nada.
Então joguei tudo pro alto e eles mudaram por mim.
Troquei de emprego, de roupa, de coisa boa, coisa ruim.
Descobri as pessoas que meu id já tinha descoberto
E elas me foram essenciais no momento mais certo.
Comecei a detestar rimas, mesmo que elas me sigam como agora
Comecei a adorar tanta gente e não querer mais ir embora.
Um carro pra quem não sabe dirigir
Saudades pra quem não sabe partir
Emprego novo pra quem já estava acomodada
Vida nova pra quem não liga muito pra nada.
Vou sair sem direção
Vou escolher sem opção
E quando o céu parecer escuro demais
Eu giro a chave e deixo tudo pra trás.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial