26.7.06

Estou cansada.
E é assim que começa um mini-poema que em algum dia comprido, memorizei.
"Estou cansada. Estou tão cansada,que fiz eu?
Estive embalando noite e dia,
um coração que não dormia
Desde que seu amor morreu."

Mas eu não embalo, eu embrulho.
Estou cansada de fazer muito e não fazer nada.
De ser responsável demais e não saber "dar a louca"
De gostar de escrever até nesses momentos
E de ser cansativa quando escrevo.
Na verdade, estou cansada de vir aqui e ver que escrevi pra mim mesma.
Vamos lá! Quem ler este texto cansado, coloca o dedo aqui.
E deixe um pontinho que seja lá nos comentários.
Saberei que passaram pelo meu cansaço.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial