30.7.11

Não queria o fim

Acho que sei porque demorei tanto a terminar Dostoiévski
Seria romper de vez qualquer laço com aqueles tempos
De saudade, crime e castigo.

.
.
.

Mas de que seria feita a biblioteca
Se o dono quisesse para sempre o mesmo livro?

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial