13.9.10

Pois é

É meu caso de amor mais recente. E, juro, eu não esperava.
Tudo bem, eu nunca gostei muito de sol, parque e afins
Mas era bom acompanhar o ritmo de todo mundo e saber que estava fazendo as coisas direitinho, estável, exemplar.

Até que fui fisgada por esse misto de liberdade e solidão.
Pela magia de dirigir sozinha, na minha melhor companhia, em uma via deserta de carros e dores. Só eu, Deus e Chet Baker. Às vezes João.
Dá uma vontade de sorrir para os bêbados nessa hora.
Alguém quer uma carona?

É, é uma coisa maior que eu mesmo.
Uma relação ousada. Uma história boa de se contar.
Sim, meu caso de amor mais recente. E, juro, eu não esperava.
Mas estou apaixonada pela madrugada.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial