13.9.07

Não tenho pretensões de escrever um livro.
Se falta imaginação para atualizar o espaço blogueiro que criei, imagine para encher 100, 200 páginas?
Os leitores são espécies inteligentes, embora facilmente enganáveis, e logo perceberiam a embromação.
Ademais, seria uma obra de quê, sobre quê, para quê, a quem?
Nasci para os lides, não para os livros, mesmo gostando muito mais do segundo que do primeiro.
Nasci para não me meter na coisa que mais admiro.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial