10.4.09

Dedicatória

Àquela amiga A, que mesmo distante é a mais presente ad infinitum.
Àquela amiga B, que é a menina do bloco que eu sigo.
Àquela amiga C, que mesmo doida eu sei que está bem.
Àquela amiga D, que dividiu apartamento e histórias comigo.
Àquela amiga E, que deve estar encantando os jornais de Curitiba.

Àquele amigo F, que se tudo der errado vai ser minha melhor última opção.
Àquele amigo G, que não tem como dar errado nem aqui, nem no Chile.
Àquele amigo H, que por sorte nasceu meu irmão.
Àquele amigo I, que diz aham por preguiça de conversar.
Àquele amigo J, que eu não sei onde foi parar.

Àquela amiga L, que eu amo e, um dia, ainda vou entender.
Àquela amiga M, que só por conveniência eu passei a chamar de mãe.
Àquela amiga N, que só por conveniência eu passei a chamar de tia.
Àquela amiga O, que benzadeus tem o coração melhor que o nome.
Àquela amiga P, que é sucesso garantido.

Àquele amigo Q, que eu preferia que fosse K.
Àquele amigo R, que é 28 dias mais velho.
Àquela amiga S, que é a melhor das melhores.
Àquela amiga T, que é tia, mãe, madrinha.

Àquele amigo U, que eu tive que conformar em ser só meu amigo.
Àquele amigo V, que é a promessa na literatura.
Àquela amiga X, que eu não vou, claro, mencionar aqui.
Àquela amiga Z, que essa... essa eu nunca vou saber.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial