17.10.08

Discurso direto indireto

Ei, você que lê o que escrevo agora
Psiu, você que me procura toda hora
Você dorme pouco como eu?
Você entende o que ela escreveu?

Você tem vontade de contestar?
Você tem coragem de arrumar?
Psiu, você que vai embora
Ei, você que sempre me ignora

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial