26.4.08

1. Sobre a senhora dos fios de céu

Do cabelo azul daquela mulher não se via água, mas seca.
O deserto árido da vida de quem nasce,
espicha,
reproduz sem planejamento
e não morre.

Foi namoradeira na adolescência,
amante na juventude
e mãe fora do tempo.

Hoje é avó de dezenas, devedora de centenas e senhora de ninguém.
Tem 49 anos, que lhe parecem 70.

E quando se espantam com tamanha experiência de vida
Ela ri de deboche e pensa com o que lhe restou de memória disponível:
"Experiência de vida?
Ai se eles soubessem da minha experiência de morte..."

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial