1.12.08

É estranha a sensação...

De ter sem poder ter
De ser sem poder ser
De querer sem querer querer

O primeiro de dezembro
É só o primeiro dezembro
De toda uma incógnita pela frente

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial